EN

ES

I Encontro da Pós-Graduação acolhe professores visitantes e apresenta avanços na UERN

Pró-reitores, diretores de unidades, chefes de departamentos, professores da pós-graduação, professores visitantes, coordenadores e secretários dos Programas de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) participaram na manhã desta sexta-feira, 9, do I Encontro da Pós-Graduação. O evento teve como objetivo acolher os professores visitantes e apresentar um panorama da pós-graduação na Universidade.

O reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto deu boas-vindas aos nove professores visitantes dos Programas de Pós-Graduação e destacou o empenho de toda a Universidade para o fortalecimento da pesquisa e da formação continuada, sobretudo no interior do Estado. “Começamos a pós-graduação em 2008, com três cursos de Mestrado; hoje temos 26 cursos de pós-graduação, sendo 22 de mestrado e quatro de doutorado”, frisa. O avanço na pós-graduação consequentemente representou melhorias na qualificação docente e no aumento da produção científica.

Pedro Fernandes frisou que paralelo ao trabalho de ampliação e fortalecimento da pós-graduação, houve um empenho para a capacitação e incentivo à permanência de um quadro docente qualificado na Universidade.

“Atualmente, cerca de 90% dos nossos professores são doutores e mestres, sendo a maioria doutores. A chegada dos professores visitantes só vem a somar a esse quadro de pessoal qualificado, que reflete em melhorias na produção científica tanto na pós-graduação quanto na graduação”.

Titular da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP), Jéssica Figueiredo enfatizou que o edital para a seleção dos professores visitantes foi possível graças a um trabalho de equipe. “Hoje temos condições de ofertar vagas através de um trabalho que vem sendo desenvolvido na PROGEP. Os novos servidores vêm colaborar tanto na pós-graduação quanto na graduação”, afirma. Além dos nove professores acolhidos nesta sexta-feira, a PROGEP prevê seis vagas a serem ofertadas em um segundo edital.

Durante o encontro, o titular da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Rodolfo Lopes Cavalcante, apresentou o panorama da pós-graduação nos últimos 10 anos. “A UERN tem se consolidado como referência na interiorização da pós-graduação, na formação continuada de qualidade. Temos dezenas de cursos de mestrado, cursos de doutorado, muito deles em rede, com instituições de referência do País, como USP, UNICAMP, Universidade Federal do RS”, diz, destacando que o encontro tem como intuito explanar sobre os avanços e discutir os caminhos para a superação dessas dificuldades.

O professor visitante Leonardo Andrade, do Programa de Pós-Graduação em Física, afirma que está bastante otimista com o novo desafio. Natural da Bahia, o professor tem doutorado em astrofísica pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INEP), em São José dos Campos (SP), e experiência em diferentes Instituições de Ensino Superior (IES) no País e no exterior, como nos Estados Unidos e na Europa. “É a primeira vez que venho à UERN. A Universidade tem ótimos recursos humanos, um potencial enorme para crescimento”, frisa.

A professora visitante Gisele Anselmo está há um ano como bolsista de Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Direitos Sociais (PPGSSDS). Ela também tem experiência em instituições brasileiras e estrangeiras, como na Itália. “Estou muito feliz em começar a atuar como professora visitante. A Universidade me acolheu, me deu todas as ferramentas para que pudesse trabalhar. A UERN tem um potencial para fazermos a diferença na pesquisa e pós-graduação”, finalizou.