EN

ES

Departamento de Ciências da Religião da Uern Natal inicia edição 2022 de Formação Continuada de Professores do Ensino Religioso da rede municipal da capital

O Departamento de Ciências da Religião da Uern Natal iniciou, nesta segunda-feira (09), no Centro Municipal de Referência em Educação (Cemure), zona Oeste de Natal, a edição 2022 do Projeto de Extensão Formação Continuada de Professores do Ensino Religioso: assessoria e atividades formativas, coordenado pela professora Josilene Cruz. O evento de abertura contou com uma palestra sobre Patrimônio material e imaterial na sala de aula, proferida pela professora Irene van den Berg, que integra a equipe de execução do projeto de formação continuada.

O projeto consiste na realização de encontros com professores de Ensino Religioso, prioritariamente, da rede municipal de educação de Natal, para desenvolver ações de formação continuada desses profissionais. A proposta para este ano é a realização de momentos formativos com temáticas interdisciplinares ligadas ao patrimônio cultural e religioso do Rio Grande do Norte, com ênfase no município de Natal.

“Natal e o Rio Grande do Norte são ricos em patrimônio material e imaterial, particularmente, no que diz respeito aos bens relacionados às religiões, religiosidades e espiritualidades presentes historicamente na organização social e no cotidiano potiguares. A formação continuada de professores do Ensino Religioso em 2022 promoverá uma oportunidade de conhecer e refletir sobre alguns desses temas locais e espera-se com isso fomentar práticas pedagógicas de valorização do patrimônio cultural local”, explicou a professora Josilene Cruz.

“O objetivo é que os professores desenvolvam projetos de ensino e práticas pedagógicas relacionando as competências previstas na BNCC e o conhecimento contextualizado do território potiguar em suas respectivas localidades, valorizando a cultura material e imaterial em que a comunidade escolar está inserida”, detalhou a Profa. Irene de Araújo van den Berg Silva.

O projeto foi criado em 2020 e desde então tem desenvolvido ações junto com a Secretaria Municipal de Educação de Natal, atuando em parceria na assessoria e execução da formação continuada dos professores de Ensino Religioso.

Em 2020 e 2021, durante a pandemia, o projeto foi integralmente em formato remoto e propiciou, além das discussões pertinentes à docência de Ensino Religioso, a inclusão digital por meio da capacitação do manejo de ferramentas digitais pelos professores.

Nos dois primeiros anos de existência, o projeto alcançou cerca de 120 professores no total. Para 2022, a expectativa é atingir pelo menos 50 professores a cada encontro. Conforme relato da coordenadora da área do Ensino Religioso da Secretaria Municipal de Natal, professora Socorro Oliveira, a parceria com a Uern tem sido extremamente importante e tem fomentado uma renovação e envolvimento dos professores que participam da ação.

A escolha pela temática para este ano dialoga com outro projeto de extensão do Departamento de Ciências da Religião, o Memória Religiosa da Cidade do Natal, coordenado pela professora Irene van den Berg. “A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), lei 9.394/96, preconiza em seu Art. 1º que a educação “abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais”. Dessa forma, o patrimônio cultural é um complexo que se forma a partir de referências culturais que entrelaçam a história, a memória, os valores e os princípios de um grupo, transmitidas de geração em geração, e, por isso, devem ser integrados aos saberes disciplinares e interdisciplinares sistematizados na escola. Também é preciso lembrar que patrimônio cultural corresponde a todos os bens de natureza material e imaterial que referenciam e remetem à identidade e à memória de uma sociedade em particular. Nessa perspectiva, o projeto busca valorizar e enfatizar o patrimônio histórico cultural potiguar na formação de professores, vislumbrando articular os aspectos formativos e a própria identidade do território. Cabe ainda destacar que na BNCC está previsto como um dos objetivos do Ensino Religioso “proporcionar a aprendizagem dos conhecimentos religiosos, culturais e estéticos, a partir das manifestações religiosas percebidas nas realidades dos educandos”. Por isso, o projeto se caracteriza relevante por valorizar o intercâmbio entre ações extensionistas do Departamento de Ciências da Religião da Uern Natal e estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa e ensino no ambiente escolar, que evidenciem os saberes da cultura local”, justifica a Profa. Irene.

As sessões de formação serão realizadas em encontros mensais, de maio a novembro. O encontro de dezembro será a culminância para a socialização dos projetos e práticas pedagógicas desencadeadas a partir da sensibilização para o tema da educação patrimonial e Ensino Religioso no território potiguar. Além desses objetivos, o projeto prevê a participação dos docentes na Caminhada Espaços Sagrados do Centro Histórico de Natal, realizada tradicionalmente no feriado de 15 de novembro, como atividade vivencial da ação.