AGÊNCIA DE FOMENTO JAPONESA INVESTIRÁ NO RN

O reitor Milton Marques de Medeiros se reuniu nesta quinta (03/04) com uma delegação da Agência de Fomento Jica, do Japão, que veio analisar a região Oeste do Rio Grande do Norte com vistas à realização de projeto que será executado pelo Governo do Estado. Esse projeto se volta à inclusão social de agricultores e de incentivo à produção de culturas relacionadas à bioenergia.
Segundo o reitor, o projeto está orçado em R$ 3 milhões, sendo que R$ 2 milhões virão do Japão, e o complemento, de R$ 1 milhão, são do Governo do Estado. Milton Marques explica que a parceria envolverá órgãos do Estado (Emater, Emparn, Idema, Seplan e a própria Universidade do Estado do Rio Grande do Norte/UERN), além da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA).
“A equipe da Jica está indo para o Alto Oeste e visitará, também, as fazendas experimentais da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), diz o reitor, acrescentando que a visita dos japoneses é inicial e que eles vieram para saber da realidade do semi-árido potiguar. No caso específico da UERN, o reitor diz que a Universidade dará uma grande contribuição ao projeto. “A região a ser beneficiada é o Oeste, e poderemos dar uma grande contribuição, uma vez que a UERN mantém Campus e Núcleos no Oeste e Alto Oeste”, afirmou o reitor.
O projeto será oficializado pelo Governo do Estado em um prazo de 15 dias. A Secretaria Estadual de Planejamento (SEPLAN) é o órgão responsável pela firmação da parceria com a Agência de Fomento Jica.

Edilson Damasceno
Agecom/UERN